Primeiros sinais de gravidez – Fique alerta!

Curtir

Primeiros_sinais_de_gravidez
Se você acha que está grávida, e se você teve uma relação sexual sem proteção, ligue o sinal de alerta. Notícia boa ou ruim, alguns sintomas são clássicos quando a mulher está grávida. Isso basicamente acontece a partir do momento da fecundação do óvulo pelo espermatozoide e a partir dali, os seios ficarão inchados, a mulher pode começar a sentir enjoos, os bicos dos seios vão ganhar uma coloração mais escura e a sonolência e o cansaço pegará a mulher de jeito. Nesse artigo confira esses e outros possíveis sintomas que servem como os primeiros sinais de gravidez.

Primeiros sinais de gravidez – Ovulação e atraso da menstruação

De um modo geral, a ovulação acontece 14 dias antes de a menstruação aparecer. Se a mulher tem um ciclo de 28 dias, em média, isso ocorre no 14º, contando desde o primeiro dia de sua última menstruação. Se o ciclo tem 32 dias, a ovulação costuma ocorrer no 18º dia. Outro exemplo é que, se o ciclo tem 25 dias, a ovulação ocorre no 11º dia. A fecundação ocorre, normalmente, dentro de 24 horas a partir do momento que o espermatozoide alcança a tuba interina quando a mulher está ovulando.

Geralmente, o atraso menstrual é o sintoma mais comum de que a mulher que tem o ciclo regular está grávida. Para muitas mulheres, a desconfiança da gravidez só surge quando a menstruação não vem. Os sinais da gravidez geralmente aparecem após duas semanas do atraso na menstruação. Os sintomas costumam variar de mulher para mulher de uma forma bem diversificada.

O que acontece é que algumas mulheres têm o ciclo ovulatório irregular, dificultando a identificação da gravidez, já que nesses casos é comum a menstruação atrasar até dois meses. O importante é não confundir a menstruação com o nidação que é o sangramento escuro devido à fixação do embrião no útero, o que pode romper alguns vasinhos e levar a um pequeno sangramento muitas vezes confundido com a menstruação.

Sintomas mais comuns na gravidez

Primeiros_sinais_de_gravidez_1Os enjoos e náuseas são comuns devido à elevação do hormônio Beta HCG, que estimula o centro do vômito e atinge seu pico em torno de 10 semanas de gestação. Observar os seios inchados é outro sintoma que pode começar nas primeiras semanas após a concepção. Algumas mudanças são mais visíveis, e o inchaço dos seios é uma delas: as mamas ficam mais sensíveis ao toque, doloridas ou inchadas. Já o inchaço no restante do corpo tende a ser mais evidente a partir do segundo trimestre de gestação, ou seja, você já vai saber que está grávida há algum tempo.

A dor de cabeça é mais um sintoma que não é regra: pode acontecer devido ao aumento repentino de progesterona no corpo da mulher e costuma acontecer logo nas primeiras semanas. O cansaço, a sonolência e a fadiga podem ter início até na primeira semana de gravidez. A mulher tem uma sensação de sonolência excessiva e cansaço. A dor nas costas pode ser um problema que acontece no início da gestação, porém, é comum ter dor nas costas ao longo de toda a gravidez. As dores são mais intensas principalmente no final da gestação devido ao peso da barriga e à mudança de postura da gestante.

O escurecimento das aréolas acontece por causa do aumento de células pigmentares na aréola por ação dos hormônios. Esse escurecimento da pele dos mamilos é mais comum a partir do segundo trimestre de gestação. A vontade constante de urinar ocorre a principio pela ação dos hormônios da gravidez, cerca de seis a oito semanas após a concepção. Em seguida, mais próximo ao final da gravidez, a urina frequente vai acontecer por causa da compressão da bexiga pelo útero, que estará bem maior nessa fase. As alterações no olfato e no paladar são responsáveis por aqueles ‘desejos de grávida’. Ocorre o que chamamos de perversão olfativa e gustativa devido ao aumento dessas mucosas por ação hormonal. É muito comum gostar de coisas que não gostava e a não tolerar algo que adorava.

A prisão de ventre é causada por influência dos hormônios da gestação que diminuem o peristaltismo intestinal, ou seja, o movimento que o intestino faz para empurrar o alimento pelo tubo digestivo. Com a redução desses movimentos, as fezes têm menor absorção de água passando a ficar mais ressecadas e dificultando sua expulsão. São mais frequentes no segundo e terceiro trimestre de gestação.

Gostou desse artigo “primeiros sinais de gravidez“? Comente!

LEMBRE-SE: Sempre busque um médico ou especialista para um diagnóstico preciso e um tratamento correto para seu caso. Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo.

Você também pode gostar...


Carregando...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *